english spanish german deutch italian russian chinese arabic
Midi-Pyrénées
Recomende esta página a um amigo
Adicione este website aos meus favoritos
Ajude-nos a melhorar nosso website
Busque Regiões
Mapa França Córsega Bretanha Baixa-Normandia Alta-Normandia Pays de la Loire Poitou-Charentes Aquitânia Limousin Midi-Pyrénées Languedoc-Roussillon Auvergne Provença-Alpes-Costa Azul Ródano-Alpes Centro Île-de-France Borgonha Franco-Condado Picardia Nord-Pas-de-Calais Champanha-Ardenas Lorena Alsácia
Busque propriedades em...

Midi-Pyrénées

Informação Geral:
  • Capital Regional: Toulouse
  • Estados: Ariège (09), Aveyron (12), Gers (32), Haute-Garonne (31), Hautes-Pyrénées (65), Lot (46), Tarn (81), Tarn-et-Garonne (82)
  • Superfície: 45.348 km²
  • População: 2.555.000 habitantes
Famoso por:
  • Maior região francesa (maior do que a Suiça!)
  • Grande variedade de cenários formidáveis e intocados desde os majestosos picos nevados dos Pireneus ao sul até a tranquilidade pastoral dos Vales Aveyron, Lot e Garonne ao norte
  • Mais de 30 resorts de esqui, geralmente muito menos caros do que os resorts Alpinos, apesar de menos desafiadores para esquiadores avançados
  • Numerosas cidades-spa
  • Pratos franceses clássicos: 'cassoulet', feito de salsicha Toulouse, 'magret de canard' (peito de pato), 'pâté de foie gras' (patê de fígado de ganso), queijo Roquefort, armagnac, etc.
Lugares de interesse:
  • Lourdes, provavelmente a lugar mais visitado da região, milhões de pessoas reunem-se na capela sagrada católica romana todos os anos, muitos em busca de curas milagrosas
  • Rocamadour, uma cidade construída dentro dos penhascos e o segundo lugar mais visitado na França depois de Paris (depois do Monte Saint-Michel na Bretanha)
  • Pinturas nas cavernas do estado de Ariège datando de mais de 30,000 anos representando veados, bisões, e outros animais
Mapa França
Descrição da Região:

Comparável em tamanho a Luxemburgo e Suiça juntos, Midi-Pyrénées está localizada no sudoeste da França e abrange Lot, Hautes-Pyrénées, Ariège, Gers, Aveyron, Haute-Garonne, Tarn and Tarn-et- Garonne - oito estados, cada um gozando de sua própria força de caráter. A região como um todo não tem nenhuma coesão geográfica ou histórica pois ela foi criada no século vinte como uma “metrópole de equilíbrio” (ou metrópole de balanço). Seu nome foi formulado pelo governo francês puramente devido à sua geografia: Midi, significando regiões sudestes e Pireneus, significando montanhas que são o limite sudeste da região.

As praias de areias brancas do Atlântico e as praias douradas do Mediterrâneo estão somente a algumas horas de trem ou carro ao leste ou oeste. Durante o inverno, os resorts de esqui dos Pireneus estão a uma curta distância de carro ao sul. Se você preferir uma experiência menos "ao ar livre", os vários excelentes museus, lojas e restaurantes da cidade de Toulouse são perfeitos para exploração.

Lar para mais de 2.5 milhões de pessoas, a região possui uma generosidade de esplêndido cenário montanhoso, com a parte nordeste abrangendo um alto platô onde extensões arenosas, pequenas colinas e mais podem ser encontrados intercalados com pequenos vales cheios de densas florestas. Pequenos animais e pássaros se deleitam com o tomilho e o junípero selvagens que crescem no solo montanhoso cretáceo causando-os a desenvolver sabores únicos e deliciosos que os tornam alvos constantes. A comida desta região é famosa mundialmente, especialmente seus queijos Roquefort, Blue of Causses, Rocamadour, Laguiole, e Tomme dos Pireneus e seus excelentes vinhos que incluem Gaillac, Madiran, Cahors, e Pacherenc du Vic-Bilh.

Aveyron é um panorama de ravinas profundas e afloramentos de granito que formam a fundação de fazendas e aldeias construídas de pedras locais imitando formações rochosas de tal maneira que são invisíveis a visitantes.

O departmento de Lot agora tem se tornado bastante popular entre compradores estrangeiros de imóveis por causa de sua relação vizinha à já popular Dordogne. Lindas "bastides" (aldeias fortificadas) são menos caras em Lot e o clima é notavelmente mais seco e quente do que em Dordogne. Adicionando às qualidades únicas deste estado está o Rio Lot assim como os seus numerosos tributários que cortam pelo platô calcário, criando desfiladeiros dramáticos.

Somente recentemente descoberta por estrangeiros, Gers possui uma zona rural verde com elevações e depressões suaves, com aldeias fortificadas (bastides) dorminhocas dominando os topos das montanhas e está começando a ganhar popularidade.

A economia de Midi-Pyrénées é bastante multi-fatorial. A região possui 60,000 fazendas ativas e certamente o maior número de fazendas em toda a França. A produção de vinho tem sofrido nos últimos anos e por isso, uma política de fusão de produtores de vinho em grupos maiores também foi iniciada para compensar a sobre-produção, declínio em demanda e redução nos preços de vinho. A indústria de comida está aumentando à medida que recebeu uma quantia significante de investimento estrangeiro e tem criado o maior número de empreendimentos na França. A indústria de serviços, não tendo sido tão boa quando a das outras regiões no passado, está agora trabalhando duro para mudar seus padrões. Turismo é outra fonte significante de renda em Midi-Pyrénées, em parte devido à beleza dos Pireneus e seu clima ensolarado. Além das atrações turísticas casuais, Lourdes, apesar de ser uma cidade pequena, é um principal destino turístico por causa de peregrinação religiosa. Além de Paris, é também famosa por ter mais hotéis do que qualquer cidade francesa.